Deixa alguém gostar de você

Você pode ser a pessoa mais forte do mundo.
Você pode ser a pessoa que melhor sabe se virar sem ninguém, mais independente, mais cheia de experiência, mas você nunca, nunca será alguém que ninguém possa te ajudar a ser melhor.
Às vezes a gente cria uma casca de certeza e com isso nos blindamos do resto do mundo. Há quem faça isso pelo trauma de alguma decepção, há quem faça isso por medo de recomeçar e há quem faça simplesmente por pensar que não precisa de ninguém.

Uma coisa é depender de alguém, outra é precisar.

Você não deve pensar que a sua felicidade depende de outra. Não deve pensar que só vai conseguir ser feliz se tiver alguém pra te acompanhar. Você sempre será sua melhor companhia, você dorme e acorda com a cabeça no próprio travesseiro, você nasceu e vai morar num caixão sem ninguém. Você é o único representante das suas vontades nesse mundo. Mas você não é alguém que outro alguém não possa melhorar.

E você não precisa se obrigar a aceitar que alguém entre na sua vida.
Mas bem que você pode se ajudar para que isso aconteça.

Se você parar pra pensar, vai lembrar de alguém que já tentou se aproximar de você, mas que instantaneamente você tratou de assustar. Você não deixa alguém te fazer bem. E daí que o mundo parece estar uma bosta com tanta gente mal caráter e de valores que não pareçam em nada com os seus? É neste mundo que está quem você precisa. E daí que já teve gente que passou pela sua vida deixando mais feridas do que sorrisos? Isso não te faz uma pessoa perdedora. Essas pessoas existem e sempre vão existir! Um dia foi com você, neste segundo em que lê isto é com outra pessoa em algum lugar deste mundo, talvez até mesmo na sua rua.

Talvez seja uma questão de você começar a olhar a vida com o coração.

Quando a gente só enxerga as coisas com olhos acabamos tendo uma única visão sobre o mesmo lado da vida, agora, quando a gente vê as coisas com o coração, conseguimos fazer o cálculo entre tudo que nos faz bem, o que nos faz mal, tudo o que queremos e tudo o que estamos fazendo por merecer.

Você tem razão, as pessoas não tem se esforçado em ser interessantes mesmo.
Mas você já viu com o coração o que é alguém interessante pra você?

Talvez não seja uma homem de novela pra você postar fotos juntos e ver as amigas elogiando de lindos e casal perfeito. Talvez não seja uma garota de capa de revista pra você se orgulhar em andar de mãos dadas no shopping.

Talvez seja alguém como você nunca imaginou.
Talvez seja só alguém que já te provou o quanto pode te fazer bem.
Talvez seja quem separa um minuto do próprio dia pra te dar um oi pelo chat.
Talvez seja alguém que assiste um vídeo engraçado e te manda o link pra rir também.

Eu preciso de alguém que me faça bem. Você precisa de alguém que te faça bem. Todos nós precisamos de alguém que nos faça bem. Isso não é exclusividade pra ricos ou para as pessoas indubitavelmente lindas, isso é uma importância para qualquer ser humano deste planeta.

Vai ver você não mereça o jeito com que tem lidado com a própria vida. Vai saber, talvez aquele próximo beijo sem-nome que vai dar numa noite qualquer nem precisa de fato acontecer. Talvez você só precise responder “quando?” quando alguém te chamar pra sair, quando esse alguém que te veio à cabeça te chamar pra sair. Vai saber, não tem como garantir, mas talvez você esteja curtindo as fotos de quem não curte você, enquanto tem alguém que curtiria pelo menos conversar mais com você e saber como foi o seu dia.

Tenta ver a sua vida com o coração.
Seus olhos podem estar escondendo o que o seu coração precisa ver.

É naquela fração de segundo que você julga alguém como interessante pra você que está quem você deve respeitar: ele mesmo, novamente, o seu coração.
É claro que você não precisa se obrigar a nada. Você não precisa sair com todo mundo só pra ver no que vai dar, só pra tentar ver se gosta. Mas se você conseguir identificar quem se esforça por você, bem que poderia valorizar um pouco mais.

Deixa alguém tentar cuidar de você.
Deixa alguém provar que você é importante. Presta atenção em quem se preocupa e para de julgar como alguém que tenta te controlar, mas sim, como alguém que se coloca no seu lugar pra te ajudar. Deixa alguém se aproximar antes de você afastar. Vale repetir que você não tem a obrigação de aceitar, mas tem o valioso direito de tentar.

Você pode se considerar a pessoa mais independente desse mundo, mais cheia da porra toda, mas sempre será alguém que outro alguém pode te ajudar.

casal

 

145 Comments

  1. Texto sensacional! Conseguiu traduzir tudo o que eu penso!

  2. E.. Supercombo ♥

  3. Escreveu a minha vida, tudo que penso.. o q passo.. !Como pode isso?

  4. Nossa Senhora! Quanta raiva e saco cheio…….haehahehaehahea………um desabafo forte e um pouco triste……..é foda ter uma garota legal, que pensa tudo isso, e não entender tudo isso…….

  5. Muito intenso esse texto. Intenso como eu.

  6. Perfeito!

    Que o mundo tenha mais almas sensíveis assim!

  7. Esse texto falou ao meu coração.
    Parabéns por escrever tão bem e com tanta sensibilidade.
    Muito lindo.

  8. Um texto que chama atenção, farei uma adaptação em uma pauta para meu blog, indicarei este como crédito, abraço!

  9. Vou reler este texto varias vezes … Como é cansativo recomeçar. muito desgastante … o caminho mais acomodado é se afastar…

  10. Caaaaaramba, isso foi uma indireta pra mim!?

  11. Nossa…li esse texto e automaticamente me identifiquei, e quando li q eu devia deixar alguém gostar de mim e cuidar de mim,automaticamente pensei em uma pessoa q me faz bem rsrs
    será q estou apaixonada e não sei?

    • Márcio Rodrigues

      2 de maio de 2015 at 12:31

      Acho que sim, heim?
      Se você lembrou de alguém, entendeu a mensagem do texto. Agora é hora de fazer alguma coisa. 🙂

      beijos

  12. Esses textos que parecem que foram escritos pra mim, como um conselho de amigo bem na hora que eu precisava ❤

  13. Estou apaixonada por cada frase escrita, cada momento que você conseguiu resumir em simples palavras. Admirada com seu talento. Parabéns! Abraços.

  14. Eu concordo com tudo que foi dito mas acho que há uma linha tenue entre o controle e o se preocupar. Algumas pessoas hoje confundem muito isso e acabam desgastando o relacionamento. Terminei um noivado porque me sentia controlada demais enquanto ele me dizia que era preocupação/ cuidado. Bola pra frente agora e estou aberta para um novo amor!

    • Márcio Rodrigues

      2 de maio de 2015 at 12:27

      É isso mesmo, Renata. O meio termo é necessário. Você está certa.
      Escrevi mais pelo lado de quem reclama que não tem alguém mas não se enxerga que só dificulta.

      Obrigado por comentar. 🙂

  15. Concordo em partes, pois nem sempre estamos no momento certo para ser esse alguém. Há momentos em que não podemos ser melhores para ninguém, assim como há momentos em que ninguém e nada pode nos fazer melhores. Tudo depende do momento, e dependendo do caso, deixar alguém gostar de nós pode fazer mais mal do que bem.

  16. Só digo que estou em prantos aqui após ler esse texto. Só li verdades e me vi em cada palavra, cada linha e acho que isso me assustou um pouco. Mas agora eu percebo o quando eu já me privei por alguns tombos. Acho que ta na hora mesmo de deixar o coração livre, dar chances.
    Obrigada por me fazer cair na real, seus textos sempre me dão esse choque de realidade.

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:57

      Sempre é hora de deixar o coração mandar na gente, Nathalya.

      Muito obrigado por ler!
      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  17. Muito bacana o texto, real, objetivo… Palavras que expressam o que já sabemos, já teorizamos mas não colocamos em pratica. Cest lá vie!!! Mais um impulso pra seguir fazendo diferente. Obg pelas palavras.

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:56

      Eu que agradeço! 🙂

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um abraço.

  18. Gnt… Esse texto tirou as palavras do meu cérebro! Impressionante! É tudo q eu penso / falo. Amei!

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:51

      aaa que coisa boa! <3

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  19. perfeito pra mim esse texto hahahah liiind!

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:51

      hahaha que demais!

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  20. Eu “precisava” desse texto nesse momento!
    Você é incrível Márcio, adorei te encontrar! Parabéns, Obrigada!

  21. Entendi o texto como uma pessoa que não consegue se abrir, não consegue ser carinhosa, e acaba se fechando para o mundo e para quem gosta dela.
    Como se essa pessoa fosse fria e fechada por algum motivo que passou na vida e só consegue pensar com a razão, deixando as coisas do coração de lado. E por isso, ela não consegue expressar seus sentimentos, não consegue amar ninguém, ou simplesmente demonstrar.
    Perfeito!
    É difícil lidar com uma pessoa assim, tem que entender e ter muita paciência e amor para ajudar a pessoa a mudar.
    E se valer a pena, persistir.
    Sei bem…

    Parabéns pelo texto! 😉

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:50

      é bem aos pouquinhos né, Nathy?

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  22. continuo pensando que é mais vantajoso ficar sozinha.

  23. continuo pensando que é mais vantajoso ficar sozinha

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:49

      Uma hora a gente muda a forma de pensar.
      (mas tudo bem ficar sozinha se te fizer bem!)

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  24. Amei seu texto, me identifiquei muito, mas não sei se quero deixar alguém entrar na minha vida… Agora e nem tão cedo!

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:49

      Só deixa. Só abre teu coração aos poucos. Se protegendo, mas tentando. 🙂

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  25. Um travesseiro para dois, começa por aí minha afinidade com o conteúdo do texto lido. Deixe alguém gostar de você, um desafio a ser enfrentado e um risco a que se expor dando um salto no escuro. Tarefa para quem tem coragem!!!!!!!

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:48

      verdade demais, claudia!

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  26. Amei tudo!!!!!

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:48

      eeeeee
      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  27. Nem sei como achei esse blog mas gostei muito do que li nesse texto. Me fez pensar no quanto eu tenho valorizado ou me esforçado pelas pessoas erradas, enquanto outras se esforçam tanto por mim e eu não ligo. Acho que isso está intimamente ligado à nossa paixão por desafios, pelo que é difícil. Queria querer as pessoas certas, mas isso é tão cansativo (se esforçar pra gostar de alguém). Talvez seja questão de se permitir mesmo, de tentar… mas a preguiça bate. Sou emocionalmente preguiçosa, eu acho. rs

    Parabéns pelo blog! Um beijo!

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:48

      Eu acho mesmo que é tudo sobre permitir. Que bom que gostou! 🙂

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  28. Nossa, texto maravilhoso, descreve perfeitamente a dificuldade de se entregar e deixar talvez dar certo!

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:47

      bem complicado, né?

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  29. Que lindo !

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:47

      muito obrigado 🙂

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  30. Nossa, parece que me jogaram um balde de água fria e falaram, ei acorda fora desse seu mundinho de autosuper proteção tbm existem pessoas e vc se basta mais nem tanto…. RS
    Com a música do supercombo de fundo vejo o quão tudo isso faz mais sentido ainda. É acho q minhas manias, meus vícios e chatisses precisa ser compartilhada com alguém…
    E que por mas que eu tenha planos e projetos da pra consilia com alguém na minha vida. ( P.S Coisa que eu achava impossível). Parabéns, e escreva um livro ou vários eu compraria todos.

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:45

      Que bom saber de tudo isso, Luana. Espero que esteja tudo bem! <3

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  31. acabei de “tomar um soco”. Eu tento me deixar ser cuidada, mas não consigo. Já fui tão machucada que tô ficando cada vez pior .

    • Márcio Rodrigues

      4 de junho de 2015 at 22:41

      Você tem que se deixar, Tyane.
      Neste mesmo mundo onde encontrou alguém que te machucou é que mora alguém que vai te fazer bem.
      Mas pra ele chegar você precisa se permitir.

      bjs

  32. Jessica Serrão

    1 de junho de 2015 at 7:30

    Há esse aqui disse tudo sobre mim, eu era assim, fria e falava as mesmasuas coisas que está do texto, tipo ” eu nasci só e vou ser enterrada sozinha em um caixão, não preciso de ninguém, pra que só ferem meu coração ” , mais aí Deus mandou um homem maravilhoso “não perfeito ” mais uma homem que me faz feliz e que me respeita. Era era tão cheia de ódio, me sentia uma perderá ao ve como os outros tinham me tratado mais tudo mundou até lê esse texto, você é genial me encontrei em seus pensamentos, que Deus te abençoe e continue escrevendo coisas belíssimas como estas . Um forte abraço :*

    • Márcio Rodrigues

      4 de junho de 2015 at 22:00

      Que bom que conseguiu mudar, Jessica!

      Fiquei muito feliz com as palavras.
      Obrigado de verdade!

  33. Que talento em descrever os sentimentos das pessoas….você já viveu tudo que escreve? Es fantástico. Beijos.

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:42

      Não vivi, Tatiana. A grande maioria dos textos eu crio mesmo. 🙂

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  34. Cara, vc me conhece da onde?? Quando te contei a minha vida?
    Parece minhas amigas, repetindo incontáveis vezes.
    Belo texto.
    bjus

  35. Natália Prudêncio

    10 de junho de 2015 at 9:27

    Muito bom! é exatamente assim!

  36. Incrível como esse texto me descreveu. Senti como se você tivesse me dando uma daquelas duras que a gente precisa escutar hora ou outra. Terminei o texto com lágrimas nos olhos, mas de um jeito bom. Incrível o que alguém que não te conhece pode fazer na tua vida. Parabéns pelo texto!

    • Márcio Rodrigues

      15 de julho de 2015 at 15:32

      Era essa a ideia, Camila! Dar uma dura mesmo pra ver se a gente sacode a poeira.

      Grande beijo,
      obrigado

  37. Simples e completamente perfeito!
    Disse tudo o que penso e sinto!

    Porém… Também penso que sempre que for tentar ter algo com alguém que nos faz bem, precisamos nos sentir a vontade com isso e, acima de tudo, deixar claro para a pessoa o que está acontecendo, para não usá-la.

    Estou em uma fase um tanto difícil, diria, pois gosto (estou apaixonada) por uma pessoa que o simples fato de saber que ela existe, já me faz bem.
    Contudo, essa pessoa está dando uma de masoquista, de ‘ah, deixa eu me ferir sozinho’, pedindo que eu me afaste.
    Ele nem imagina o quanto me fere com esse pedido!
    Ainda pra completar, tem um amigo meu interessado em mim e, mesmo que inconscientemente, ando fazendo com ele o que a criaturinha da qual falei anteriormente faz comigo.
    Me afastei para não magoá-lo!

    E assim ando levando minha vida…
    Quem sabe um dia eu acerte!

    • Márcio Rodrigues

      14 de julho de 2015 at 12:03

      É muito louco, né Sãmara? Uma hora fazem errado com a gente, em outra, somos nós quem erramos.

      É assim que funciona a vida.
      E perfeito seu ponto, claro que isso depende da pessoa, não é pra fazer algo obrigado, mas é pra se permitir fazer algo bom. 🙂

      beijos

  38. Nunca li algo assim. Nem parecia que eu tava lendo… na real, todas as vezes que eu leio (já li 7), eu sinto como se um grande amigo estivesse me dando o conselho mais sincero que alguém poderia me dar… aquele que eu mais preciso… :’)

  39. Ainda não consegui super meus traumas totalmente, pessoas maravilhosas passaram na minha vida, e eu as afastei.
    Mas, venho me permitindo, afinal estamos aqui pra isso, somos eternos apaixonados.
    Suas palavras soaram como canção aos meus ouvidos, chorei e absorvi muito, comecei deixando alguém cuidar de mim. Obrigada!

  40. É impactante como me identifiquei com cada palavra que você escreveu, assim como é decepcionante perceber que há uma mascara o tempo todo, em tudo que faço. Decepcionante e libertador, obrigada!

    • Márcio Rodrigues

      13 de julho de 2015 at 20:16

      Nós somos assim mesmo, Amanda. Não se culpe.
      O bom é que agora você consegue enxergar.
      Vamos em frente?

      beijos.

  41. Texto incrível , tudo o que eu mais precisava ouvir (ou melhor, ler) . Muito obrigada pelas palavras. Que o mundo se encha de pessoas com tal sensibilidade.

  42. “Talvez seja uma questão de você começar a olhar a vida com o coração.” frase extremamente certa, as pessoas se fecharam para todo tipo de amor, por conta de achar que tudo vai ser sempre igual.
    Não estou na situação, porem concordo com o texto.. Belas palavras!

    • Márcio Rodrigues

      13 de julho de 2015 at 20:09

      Verdade, Carla. Mas entendo também. As coisas andam tão difíceis que é complicado conseguir acreditar nas pessoas.

      beijos e obrigado.

  43. Mas e quando eu sei que sou assim, só que não consigo fazer nada pra mudar? Como se a casca fosse tão grossa que nem mesmo eu consiga sair dela? O que fazer…

    • Márcio Rodrigues

      13 de julho de 2015 at 18:36

      E se eu te disser que se você não souber não há quem saiba? Realmente é algo que só depende de você, Sam. Preste bastante atenção.

      beijos

  44. fernanda santana

    29 de junho de 2015 at 16:10

    Sensacional, parabéns, acho que isso que está acontecendo comigo, tenho que olhar com o coração.

  45. Esse texto foi um dos mais tocantes sobre deste assunto que eu já li em toda a minha vida. Tu conseguiste me descrever completamente, e confesso que mudaste minha maneira de pensar… Inclusive, não sei por que ainda estou escrevendo aqui, afinal, preciso conversar com uma certa pessoa a respeito de algumas coisinhas que andei fazendo! Hahaha
    Talvez, graças a ti, eu possa dar uma segunda chance ao amor.
    Muitíssimo obrigada, de verdade!!!

  46. Caramba…esse texto foi um chute no estômago. Foi um jogar na cara pra mim, eu precisava disso. Eu estava me isolando de mais e querendo um alguém q não existe e “assustando” quem se aproximava.

    • Márcio Rodrigues

      13 de julho de 2015 at 18:20

      A gente tem dessas, né? Não se sinta culpada porque isso é normal. Mas bom mesmo é quando a gente começa a enxergar diferente.

      grande beijo.

  47. Eu nunca li um texto tão verdadeiro quanto este. Eu realmente me vi por todas essas letras e linhas. Sem comparação! Você foi incrível, obrigada.

  48. Obrigada… 🙂

  49. Esse texto deveria ser lido por muita gente. Ou, se fosse possível, pelo mundo inteiro! Não só pelo lado bonitinho ou fofo pra se compartilhar em facebook. Bem mais que isso. Pode parecer meio “sentimentalzinho” demais da minha parte mas pode acreditar. Eu meio que sou do tipo de pessoa que fala poucas vezes sobre isso. Ou nunca, pra ser mais exata!Ja tive problemas como todo mundo e nao faço coisa alguma a respeito. Só… sigo, sabe? Mass, enfim, pra nao começar a chorar aqui, não vou enrrolar demais! Só queria dizer que vc escreve realmente bem. De uma forma que consegue tirar exatamente nossos pensamentos e colocá-los de um jeito tao simples e bom que nos ajuda, mesmo sem termos que dizer nenhum deles. Parabéns 🙂

    • Márcio Rodrigues

      13 de julho de 2015 at 18:10

      Que comentário sincero, Lara! Obrigado pelas palavras.
      Também penso que vai além de um texto, é quase um manifesto para todos, incluindo eu mesmo ali. É algo que tenho que repetir para mim também.
      Fico feliz que tenha te feito bem e se me permitisse dar uma dica seria: abra seu peito.

      beijos

      • Nossa, Obrigada!
        Na maior parte das vezes, nunca me respondem nos comentários kkk Entao me surpreendeu de novo ! Valeu mesmo e continue com seus otimos textos, hein!

        Bjus

  50. Me encontro em diversas tentativas mas o ponto é que percebo que as pessoas estão cada vez mais desinteressadas em um diálogo, talvez seja culpa dessa era de querer tudo pronto, pessoas estão se tornando fast food, até me incluo em tais…a carência bate e a gente pega emprestado de pessoas aleatórias carícias momentâneas.E sinceramente vou deixando levar às vezes algum momento alguém momentâneo vai ficar mais. Tenho em mente que preciso me livrar desse escudo, desse medo , dessa perpectiva de que sou complexa demais e de não acreditar como alguém pode gostar e se apegar tão rápido, eu não creio muito.

    • Márcio Rodrigues

      13 de julho de 2015 at 18:08

      Jess,
      Enquanto você não se permitir mudar, nada mudará.
      E ninguém pode ser melhor que você para entender no que você pode resolver sua vida.

      Presta atenção para não deixar o tempo passar.

      beijos

  51. Gostaria de ser forte e não sentir tanto medo. Ou não pensar tanto no amanhã com receio de me preocupar se tudo vai dar certo.
    Espero que o tempo passe e que cada sentimento seja superado, que cada pessoa possa sentir o coração em parafuso. Kkkkk
    Apesar de tudo é bom tirar a casca de pessoa forte e amar, ser amada!
    E no fim, tudo dá certo!
    Lindo texto!!!

  52. Aí esse texto vem numa hora que eu e a pessoa que me faz esse bem todo estamos brigados, e eu li o texto todo pensando nele. Levei um “soco” também. Ótimo texto, parabéns!

    • Márcio Rodrigues

      13 de julho de 2015 at 18:07

      Espero que tenha feito alguma coisa boa depois de ler então, Bruna.

      obrigado pelo carinho.
      beijos

  53. Grande verdade. Amei o texto., me vi no texto. Deixar o coração falar, se permitir, valorizar quem te valoriza, fugir de alguns conceitos que não te acrescentam em nada e ser feliz.
    Ser independente é muito bom. Não colocar sua felicidade na dependencia de outra pessoa é um aprendizado. Construir junto uma vida é um desafio e uma conquista.

  54. Muito bom o texto…
    É bem assim mesmo!

  55. Marcio, bom dia!

    Excelente texto.
    Estou numa fase em que acho que ninguém me quer, e não consigo dar oportunidades a quem aparece.
    Seria cômico se não fosse trágico.. Agora terei que ler este texto todos os dias, pra entender que eu devo me sentir completo sozinho, e quem vier até mim, virá para me transbordar.

    Obrigado.

    • Márcio Rodrigues

      13 de julho de 2015 at 18:00

      Oi Rodnei, tudo bom?
      A gente tem dessas, né? Eu já estive no seu lugar.
      O ponto aqui é saber enxergar o que a vida mostra pra gente. Às vezes existem oportunidades embaixo do nosso nariz e não percebemos =/

      fique bem.
      abraços!

  56. Boa tarde, simplesmente incrível a breve descrição do ser humano que não “precisa” sentir nada por ninguém, me descreveu totalmente.
    Parabéns pelo site.

  57. Eu adorei! De toda minha alma e coração.

  58. Você disse neste texto tudo que eu precisava ouvir para acordar e andar para a frente sem olhar para tras, você traduziu muitos sentimentos!
    Maravilhoso o texto parabens!

  59. Muito bom….tava precisando ler…

  60. Sem dúvidas, um dos melhores textos que já li! Consegui me identificar do começo ao fim! Parabéns!

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:31

      Coisa boa de saber. <3

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!) mas espero que ainda esteja acompanhando!)

      um beijo.

  61. Olá, adorei o texto.
    Comprei um livro teu, amei !!Você só lançou um livro?? Ou tem mais ??
    *_*

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:19

      Siiim, só um livro mas em breve vem o outro haha 🙂

      (desculpa a GIGANTE demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!)

  62. Cara, você conseguiu entrar fundo em algo que nunca pensei enxergar. É assim mesmo, esse medo de sofrer ou então de não ser o suficiente acaba impossibilitando a gente de ser feliz.
    Curti muito.

  63. Pena que há perdedores que ao lerem isso acham lindo, porém são cada vez mais hostis e vulgares. Por isso estão sempre sozinhos pelo prazer de estarem “sempre com a razão” e de serem os “donos da verdade”. Ainda bem que a razão e a verdade são nulas nos casos deles. Perdedores não aprendem este texto nem que o gritemos em seus ouvidos ao sacudi-los.

  64. Que texto incrível! Você escreve maravilhosamente bem, meus parabéns.

  65. Nossa, esse texto realmente me impressionou, parece algo que eu escreveria na ápoca que tinha tempo para escrever.
    Anyway, nunca comento nada pela internet, pela primeira vez comento para te dar os parabéns por esse texto moço, você traduziu sentimentos que eu sei que não são só meus, mas de muitas pessoas ao meu redor.
    arrasou.

    • Márcio Rodrigues

      5 de dezembro de 2015 at 18:21

      Sempre tem uma primeira vez, né? Obrigado pelo privilégio de comentar e fico feliz por gostar.

      grande beijo

  66. Que lindo….
    Estou encantada….esse texto é perfeito….acho que até poderia ter escrito um parecido na época em que adorava escrever textos….
    Você conseguiu mostrar a realidade de muitas pessoas…. O que passamos na verdade…
    Sempre falo isso para meus amigos…
    Mais sou teimosa e não consigo fazer o que falo para eles….
    Sei que tenho que me dar valor, que eu preciso, mais não consigo!
    Lindo texto!!

    • Márcio Rodrigues

      20 de agosto de 2018 at 22:09

      Oi Dayne, desculpa a demora em responder, são muitos comentários e só cheguei hoje no seu (sério!)

      espero que esteja tudo bem por aí hoje. <3
      beijos!

  67. Passo por isso com alguem que disse “gosto de Você Mayra, mas isso me assusta.. me assusta pra caralho..porque já sofri demais, não esperava ser tão rápido assim.. ”
    E por aí vai..alguém que ao se perceber apaixonado, faz de tudo pra bloquear o sentimento.. beleza, beleza.. eu nao sei ser metade ou ficar em cima do muro.. gosto de reciprocidade.. se nao tem, eu simplesmente volto pro meu canto.. e assim está sendo.. estou voltando pro meu canto.. e o deixando pra trás..

    • Márcio Rodrigues

      20 de novembro de 2017 at 21:09

      Espero que a essa altura, mais de 1 ano depois, as coisas estejam diferentes para você, Mayra.

      Desculpe a demora em responder, mas são muitos comentários!
      Obrigado por ler,
      beijos!

  68. E quando alguém quer nos fazer bem e o medo nos paralisa Márcio? A eterna luta entre razão emoção 🙁

    • Márcio Rodrigues

      24 de abril de 2016 at 19:30

      Entao, ai voce precisa se decidir: afinal, se nao for com esse alguém, será com o outro. Você vai ter que se permitir uma hora.

  69. Gabriela Flores

    22 de maio de 2016 at 14:44

    Mas que belo texto, bem elaborado.. Pelo visto você conseguiu tradução não só a minha situação, mas a de todos que leram o teu post, parabéns. Espero ler mais sobre os teus textos.

  70. Gabriela Flores

    22 de maio de 2016 at 14:47

    Mas que belo texto, bem elaborado.. Pelo visto você conseguiu traduzir não só a minha situação, mas a de todos que leram o teu post, parabéns. Espero ler mais sobre os teus textos.

  71. Uau… só uau…
    Tapa na cara…
    Até chorei… e eu que sou uma pessoa toda verbal… e com respostas pra td fiquei sem palavras…
    Por favor… pelo amor d Deus… escreva um livro sobre o assunto… sera meu livro de cabeceira pro resto da vida….

  72. Márcio Rodrigues

    13 de julho de 2015 at 18:04

    Muito querida, obrigado por isso!

    beijos

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*