Os rostos se aproximam devagar.
Uma mão, delicadamente, percorre o rosto.
Profundo silêncio que dá até para ouvir o som dos olhos se movendo e observando cada detalhe da expressão um do outro.
Um abraço desenha-se.
E um beijo devagar se faz real.
Um beijo que começa doce, com alguns revezamentos de posição das cabeças. Este beijo então se apimenta e aquela mesma mão que outrora era tão delicada, agora se mostra forte, intensa e puxa parte do cabelo.

Este beijo não termina rápido.
Ele se transforma em passeio pelo pescoço e pequenas mordidas aparecem. A respiração aumenta, o corpo se aquece e as mãos passam a apertar a pele um do outro. Isso quando o calor não explode e o suór banha este momento. Tudo isso e muito mais pode acontecer durante o beijo, mas e depois? O que falar depois do beijo?

O que falar depois daquele primeiro beijo que você sempre quis dar naquela pessoa? O que falar depois daquele beijo na cama? O que falar depois do beijo para romper o silêncio e a troca de olhares que tanto querem falar coisas mas não sabem se devem ou sentem medo de estragar alguma coisa? Existe algo para falar? Precisamos falar algo? Esperamos a pessoa falar alguma coisa?

Muita coisa envolve um beijo. Pode ser um beijo de saudade que já tem roteiro do que se falar depois, mas pode ser também um beijo de alívio, um beijo de querer mais, um beijo de ser tudo o que a gente mais queria. Mas e depois? Será que a gente pode anunciar um elogio? Se escolhermos por ficar quietos estaremos perdendo alguma oportunidade? Se perguntarmos alguma coisa estaremos colocando a pessoa em uma situação desnecessária?

Será que depois do nosso beijo a gente já pode pular para a hora que consigo te contar que estou vendo uma sujeirinha na ponta do seu nariz e rir disso? Ou podemos pular para a hora que você vai teimar em querer tirar cravos do meu rosto?

Beijar uma pessoa é um dos melhores momentos da experiência que é estar vivo. Mas o que falar depois do beijo? Mesmo que este beijo seja do tipo que nunca mais vamos ver a cara da pessoa? Mesmo que este beijo seja do tipo que nem vamos lembrar o nome da pessoa amanhã. O que falar? E quando o beijo é a ponta do iceberg de algo grande e bom que a gente sente, mas não sabemos se podemos demonstrar como sentimos?

Eu fico só te olhando em silêncio ou pergunto se você gostou? E se eu não falar nada? E se eu ficar tímidx?

Vai ver não exista exatamente uma regra do que se falar depois do beijo, mas exista uma necessidade: viver aquele momento de verdade e fazer aquela pessoa beijada sentir-se bem antes, durante e depois do beijo.

Se você quiser falar alguma coisa, fale. Se você quiser ficar em silêncio, fique. Mas só não se esqueça de fazer aquela pessoa se sentir especial, de fazer aquela pessoa sentir que o seu beijo foi para ela e que você depositou no teu jeito de beijar tudo o que tem de bom em você – mesmo que nunca mais vocês se beijem novamente ou, principalmente, se seu desejo é que este beijo seja o último primeiro beijo daquela pessoa em alguém.

por Márcio Rodrigues.
@marciorodriguees
@umtravesseiroparadois
umtravesseiroparadois@gmail.com
_______________________________________
CANAL NO YOUTUBE!
 CLIQUE AQUI, assista aos vídeos, comente e inscreva-se. 🙂

PLAYLIST OFICIAL:
Todas as músicas que ouço para escrever os textos estão NESTA PLAYLIST.