Dá para falar as mesmas coisas de formas diferentes. Sempre dá.
É só uma questão de se preocupar em usar palavras diferentes para expressar as coisas que sente, sejam quais forem.

Pense antes de falar para não falar coisas horríveis para ninguém. Pensa porque se você for do tipo que nem liga para o que pensam sobre você, é bom você começar a ligar. Por um lado, é claro que ser assim é bom. Isso significa não se importar com a opinião alheia sobre a sua vida a fim de te controlar. Faz sentido. Agora, o problema está no outro lado dessa mesma história. Você precisa sim pensar antes de falar porque ninguém é obrigado a aceitar seus excessos e porque você pode machucar pessoas sem perceber.

“Mas esse é meu jeito, me conheceu assim e agora não tem como mudar”

Mas é claro que tem. Sempre tem como mudar. Sempre tem como melhorar. Se melhorar, melhora. Saia dessa ideia de que você é alguém que não pode melhorar, especialmente no que diz respeito a defeitos. Você tem que entender que ninguém é obrigado a ouvir grosserias, excessos e palavras mal escolhidas, indo direto ao ponto: ninguém é obrigado a te ouvir falar bosta. Então pense bem antes de falar.

Pense porque o que você acredita ser normal pode ser uma grande ofensa para alguém – ou, no mínimo, pode fazer mal a esse alguém. Pense antes de falar porque você não é a única pessoa que vive nesse mundo e as pessoas que vivem nele com você não são obrigadas a engolir seu jeito. Pense, mas pense mesmo.

Pense antes de explodir, antes de falar especialmente o que não gosta, o que te faz mal. Pense porque palavras erradas causam desfechos ainda piores. E isso em nada tem a ver com ser bom com as palavras, isso tem a ver com empatia para se colocar no lugar de outra pessoa e refletir: “Será que eu ia gostar se falassem assim comigo?” Então, sempre dá para se acalmar e respirar antes de jogar tudo para fora.

Pense antes de revelar um sentimento, antes de falar alguma coisa para alguém. Pense porque, às vezes, a pessoa não vai entender a coisa boa do jeito que você gostaria e o resultado vai ser uma decepção. Ruído na comunicação é uma merda. Então, pense com calma e diga o que você sente, o importante é você colocar para fora exatamente o que você sente de um jeito que a pessoa entenda corretamente.

Dá para falar as mesmas coisas de formas diferentes. Dá para ser uma conversa mais fácil e mais leve. A gente tem brigado demais e muitas vezes isso tem a ver com o jeito com falamos sobre as coisas. A gente combate, não resolve. A gente confronta, não conversa. O que a gente esquece é que nem todo mundo tem paciência e, no fim, podemos acabar cheios de ninguém ao nosso redor justamente porque não tentamos melhorar nosso jeito.

A gente sempre pode falar de um jeito melhor principalmente porque não é o mundo que tem que aceitar nosso jeito, é a gente que tem que ver que o mundo é diferente para cada pessoa.

por Márcio Rodrigues.
@marciorodriguees
umtravesseiroparadois@gmail.com
_______________________________________
CANAL NO YOUTUBE!
 CLIQUE AQUI, assista aos vídeos, comente se sentir vontade e inscreva-se. 🙂

PLAYLIST OFICIAL:
Todas as músicas que ouço para escrever os textos estão NESTA PLAYLIST.