Começar uma história de um jeito diferente.
Focados no agora, mas acreditando que um futuro pode florescer.
Isso é um projeto de vida juntos.

É que no fim das contas todas as pessoas procuram a mesma coisa em alguém: uma companhia para dividir bons e maus momentos.

O problema é que os tempos mudaram um pouco e com ele o nosso conceito sobre o que é ter alguém. Queremos pessoas para sermos proprietárias. A gente fala que dá liberdade, mas só se for do nosso jeito.
O nosso pavio que sempre foi curto, hoje praticamente não existe. E o mais grave são os motivos. Hoje é normal você encontrar casais que brigam porque a pessoa x curtiu a foto da pessoa y; porque a pessoa y demora demais para responder uma mensagem apesar de “estar online”; porque a pessoa x proíbe a pessoa y de ver pessoas só por ela não gostar. Tempos complicados demais.

Esse diagnóstico compromete profundamente um projeto de vida juntos.
Não há como ter perspectiva de uma história onde os capítulos são difíceis demais de escrever.

Quando você deseja confeccionar um projeto de vida juntos você faz o percurso ser mais leve para que as conquistas sejam mais prazerosas. Perceba: se a gente não consegue estabelecer uma relação de confiança em um namoro, como isso vai se consolidar quando a gente morar juntos? Se é que vamos. “É que eu não consigo controlar o meu ciúme” você pode desabafar, por exemplo. E é possível te dizer que enquanto você não tiver controle sobre os seus excessos, ninguém vai conseguir conviver com você. Esta é que é a verdade.

Um projeto de vida juntos inclui habilidades que a gente nem sempre. A gente corre atrás para ter. Você passa a refletir um pouco mais naquele motivo de intriga antes de despejar na pessoa. É que assim, não dá para pensar em alugar um apartamento juntos e dividir todas as contas se as discussões nascem de curtidas em uma foto na internet. (E é evidente que existem casos e casos, a ideia é exemplificar os gatilhos modernos de discussões).

A urgência em resolver o hoje não permite planejar o amanhã.
Você vive uma história com apreensão se o fim de semana vai ser bom. Porque você “se conhece”e  vai explodir, porque “a pessoa não colabora”, porque todo o mundo inteiro está errado, menos você.

Isso tudo faz sentido? E tudo bem se você discordar.
O que eu quero dizer, em outras palavras, é que é preciso se rever e aprender a se conhecer para se controlar, e então, só depois imaginar ter um projeto de vida com alguém. Não é sobre a soma dos meses juntos, é sobre a convivência quando juntos estão e quando não.

O que você tem feito para construir um projeto de vida com alguém? O que você tem feito para manter o desejo em vocês e planejarem um novo passo amanhã?

Um projeto de vida juntos consiste em saber alinhar as expectativas, vontades e aspirações pessoais entre as duas pessoas envolvidas em uma relação. Não é exatamente fácil, mas é completamente possível. 

Você é muito responsável em colaborar para que o hoje bom se repita amanhã.

É que no fim das contas todas as pessoas procuram a mesma coisa em alguém: uma companhia para dividir bons e maus momentos em um projeto de vida juntos. 

Comece uma história de um jeito diferente.

por Márcio Rodrigues.
umtravesseiroparadois@gmail.com