Você promete não desgraçar minha cabeça?

Você me promete?
Você promete que não vai me fazer sentir um lixo por eu gostar de ser de verdade? Você me promete coisas básicas? Tipo me dizer que não quer mais se essa for a sua vontade ou me dizer que quer algo a mais se aumentar a sua vontade de continuar me vendo.

Eu não quero me sentir de novo como alguém que erra por gostar. Não quero me sentir idiota por me dedicar a alguém que planeja ir embora ao acordar. E o problema, por exemplo, nem é ir embora, mas me fazer acreditar que queria ficar. E são coisas como essa que desgraçam a minha cabeça e me fazem questionar a existência de pessoas boas e questionar as coisas boas que eu posso fazer por qualquer pessoa, afinal, não tem como não enlouquecer ao perceber que as coisas boas que fazemos podem assustar pessoas.

Não me incomodo com as idas, mas a falta das despedidas é o que me machuca. Eu sei que praticamente ninguém no mundo gosta de despedidas, mas quando a gente fala sobre histórias entre pessoas, elas se tornam fundamentais.

A gente precisa saber quanta energia investir. Porque olha só, tudo bem se esse investimento for mínimo tendo em vista o momento da outra pessoa, isto é, tudo bem a gente se dedicar pouco por alguém que não quer nada sério além de ser uma boa companhia para dividir o edredom às vezes. Tudo bem mesmo. O problema começa quando a pessoa faz a gente acreditar em outra coisa.

E esse é meu receio com você.
Obviamente prometer que não vai desgraçar a minha cabeça é algo que nem você nem ninguém pode fazer – nem eu mesmo com alguém -, mas eu falo assim para que lembre-se que eu não sou um brinquedo para se divertir e depois esquecer na prateleira. E tudo bem se você não souber lidar muito com esses alinhamentos sentimentais, você vai tentando porque o mais importante é tentar. O fundamental pra mim é você ter consciência do que é entrar na vida de uma pessoa; ter consciência do que é entrar na minha vida

Vamos conversar mais.
Me conta seu plano comigo, eu conto os meus e a gente combina um jeito que vai ficar bom para os dois. Assim, ninguém sofre e todo mundo consegue dormir bem.

E tudo isso porque antes de você eu já ouvi coisas parecidas. Faz parte da conquista exibir a melhor versão do nosso currículo, mas o problema é não querer a vaga depois. Quando a gente tem interesse por alguém, a gente quer muito que esse alguém acredite na nossa verdade. A gente quer pular para a fase da confiança em que tudo fica bem para os dois. Eu sei como é porque eu também sou assim. E a gente pode continuar com a melhor versão do nosso currículo, só vamos contar qual a nossa pretensão para a vaga em questão.

Me conta qual é o seu momento na vida para eu saber como combinar com o meu.

É que eu já levei tanta marretada no coração que hoje ele respira por aparelhos e tem sido devagar o processo de recuperação. Por isso meu receio com você. Por isso meu pedido para que prometa não desgraçar a minha cabeça e me fazer sentir pior que o lixo que eu descarto nas manhãs.

Está tudo bem, mas vai ficar melhor se você me disser que entendeu o que eu quis dizer com tudo isso. É importante eu saber para que eu possa entender como gostar de você e continuar gostando de quem eu sou com você.

por Márcio Rodrigues.

@márciorodriguees

umtravesseiroparadois@gmail.com

4 Comments

  1. Nossa que texto <3

  2. Esse tipo de conversa entre os casais é super importante.

    Boa tarde, beijos

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*