Você procura em mim o que não posso te dar

Você procura seus sonhos de alguém ideal pra você.
Procura a pessoa perfeita.
Procura as mesmas risadas que as suas, procura as mesmas preferências e a mesma opinião sobre o por quê da vida, procura de tudo, você procura um monte de coisa em mim mas eu não posso te dar nenhuma delas.

Não sou aquilo que sempre sonhou, sou aquilo que sempre vou ser.

Você espera que eu seja o tipo pra te orgulhar de mãos dadas na rua.
Você se frustra por eu não concordar com você. Você se irrita até com as coisas que gosto só por você não gostar delas também.
Por isso, eu não sou quem você sempre sonhou. Você procura em mim o que eu não posso te dar.
Meus interesses e qualidades não são o bastante para você, pois o que te vale a pena são outras coisas. Eu não vou mudar quem eu sou, nem por você, nem por ninguém. Não vou deixar de amar meus refrões e rir das coisas que acho graça só porque alguém não gosta tanto quanto eu.

E eu nem vou dizer que seu jeito é um defeito seu.
Nós simplesmente estamos em voltas diferentes do mesmo mundo.
Enquanto não me importo com os riscos no meu celular, você me critica pelo meu aparelho não ser dos mais modernos.

Enquanto te afetava tanto o volume da minha risada, eu preferia continuar rindo.

Você procura em mim o que eu não posso te dar.
E também não serei eu quem vai tentar mudar você e a forma que vê; eu mal sei lidar com meu próprio jeito, jamais me atreveria tentar mudar o de outro alguém.
Tá tudo bem.
Eu só quero o seu bem.
É que um sentimento sozinho não sustenta uma história por dois.
Não adianta eu dizer que gosto de você, se o que te faria feliz comigo seria eu ser de outro jeito. Não adianta eu dizer como gosto das qualidades que conheci em você, se as minhas você nunca conseguiu ver.

Eu sou perfeitamente imperfeito.
Carrego comigo os erros pela vontade de acertar, não pelo medo de falhar.

Seja pra você ou pra qualquer outra pessoa, eu sou tudo o que tenho pra oferecer. Meus poucos bens e meus tênis sujos não são referência para os valores que me orgulho.
Gosto de postar o jeito que vejo as coisas, você gosta de postar pra ver se gostaram do jeito que você gosta de ver.

Tudo vai ficar bem.
Vou aprender mais e você também.
Enquanto éramos dois eu tentei ser um pra você, que por sua vez, esperava que eu fosse tudo o que você gostaria, ao contrário de me ver como alguém que era feliz por ser tudo o que você precisaria.

Eu não sou quem você sempre sonhou.
E isso nunca me importou.

4 Comments

  1. “Eu sou perfeitamente imperfeito.
    Carrego comigo os erros pela vontade de acertar, não pelo medo de falhar.” Texto perfeito Márcio! Estava lendo um outro texto enviado por uma amiga e logo pensei: ‘uau quero ler mais! 🙂 Entrei no blog e devorei os outros textos! Qdo finalmente fui ler sobre o autor dei risada e disse para mim mesma “sem rótulos ou misticismos, mas tinha que ser libriano” rsrs… Parabéns pelo seu dom e sua maneira de enxergar a vida e as pessoas! Parabéns! 🙂

    • Márcio Rodrigues

      8 de setembro de 2019 at 12:48

      hahahaha bem tipinho de libriano ser assim, né? haaha
      Espero que esteja perto da sua amiga até hoje. <3

      Desculpa a demora em responder, são muitos comentários e pouco tempo. 🙁
      Obrigado por ler. 🙂
      um beijo.
      Márcio Rodrigues.
      @marciorodriguees

  2. Faça da sua personalidade sua melhor qualidade, pois ela é o que te faz um ser individual.
    Excelente texto, me identifiquei muito!
    Apaixonada pelo seu trabalho.

  3. Gosto mto desses texto q vc coloca os dois lados.=)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*